• henriquefranke

Huayna Potosí+Sajama

Atualizado: 30 de Jul de 2018

La Paz e Dia 1 na montanha


   Depois de 3 dias viajando de Arapiraca/AL à São Paulo/SP, deixei o carro na casa de uma amiga, fiz um último check na mochila e dia 28/jul embarquei rumo à La Paz/BO, se iniciava mais uma expedição à alta montanha.


Expedição Bolívia 2017: Huayna Potosí + Sajama

   No aeroporto encontrei com o Marcelo, colega de expedição, e juntos fomos, primeiro à Santa Cruz de la Sierra e depois La Paz. No aeroporto de El Alto fomos de transfer ao hotel, onde chegamos já um pouco tarde, então primeiro dia se resumiu à jantar e dormir, pois, a aproximadamente 3.600 msnm, já estávamos em processo de aclimatação.


Embarque em Santa Cruz de la Sierra

Chegando em La Paz, Ilimani ao fundo

   Sábado pela manhã estava ocorrendo na cidade uma festa de independência do país (ou algo assim), com muitas ruas fechadas e um desfile acontecendo, aproveitamos para dar uma conferida e fomos nas lojas de equipamentos comprar alguns itens que faltavam. No meu caso era apenas uma piqueta, aos poucos vou me equipando e "zerando" as necessidades de aluguel! À tarde demos uma volta pela cidade, andamos pelos teleféricos que comunicam as partes alta e baixa, e ao final do dia encontramos com o restante do pessoal que vinha do Brasil. Ótimo dia para a aclimatação, com a caminhada de passeio pela cidade aos poucos passou o mal estar.


Teleférico, linha vermelha, La Paz vista de cima

Descendo pela linha amarela

Brinquedo novo, parece criança feliz, rsrsrs

Conhecendo La Paz

    Domingo começou com um check de equipamentos feito pelo Sergio, um de nossos guias, no hotel, e depois visita a loja de aluguel de equipamentos para aqueles que precisavam provar botas e outros itens. Depois almoçamos todos juntos, e pela tarde uma caminhada pela parte histórica da cidade, apenas para fazer um exercício leve. Final do dia alguns de nós fomos ao jogo do campeonato boliviano de futebol, cansamos só de olhar o pessoal correndo na altitude, rsrsrs, mas uma experiência legal!! E depois encontramos com a turma que retornava do Condoriri, e ficaria um dia descansando em La Paz antes de seguir ao Huayna Potosí.


Check de equipamentos, só falta o saco de dormir (alugado)

Tigres x San Jose

    Dois dias de em La Paz, suficiente para adaptarmos e estarmos prontos para seguir para a base da montanha. Apesar de não ter dormido muito bem a última noite no hotel, me sentia bem aclimatado. Acho que o cansaço da viagem de carro afetou bastante.     Perto das 10h da manhã da segunda-feira seguimos viagem ao refúgio base do Huayna Potosí. Paramos no caminho para algumas fotos, chegamos lá pelas 12h, almoçamos, e pelas 15h saímos para uma caminhada pelo entorno do refúgio, com objetivo de subir um pouco mais. O refúgio fica a aproximadamente 4.600 msnm e subimos mais uns 500 m. É importante cansar o corpo, assim como subir e retornar para dormir em altitude mais baixa.


Huayna Potosí, primeiro objetivo da expedição

Próximo a entrada do "parque", cemitério de mineiros e combatentes contra o golpe militar boliviano

"Sexta chegamos à La Paz, eu e Marcelo, que pegou o mesmo voo. Primeira noite foi um pouco estranha, acordei muitas vezes, com sede.     Sábado tiramos o dia para ir em alguma lojas e visitar um pouco a cidade. Mudei um pouco minha opinião de La Paz (para melhor, da outra vez tinha me detido ao centro).     Domingo pela manhã revisamos o material com Sergio e fomos a loja de aluguéis para aqueles que precisavam alugar alguma coisa. Pela tarde gomos ao jogo do 'Tigre', e pela noite encontramos o grupo que voltava do curso de gelo no Condoriri.     Hoje, pelas 9:30h saímos de La Paz em direção ao Huayna Potosí. Pelas 11:30h chegamos, 1.000m de desnível mais ou menos. Almoçamos e depois fizemos uma caminhada de 3h, chegando aos 5.050 msnm. Retornando lanchamos, arrumamos nossas coisas, jantamos. Não estou sentindo muito a altitude, apenas uma dor de cabeça bem leve. Vamos ver como será amanhã.     O dia estava muito bonito, e aparentemente teremos tempo bom essa semana toda.     Como a última noite, acho que por ansiedade, dormi um pouco mal, vou deitar cedo hoje.   São 20:55h, vou arrumar algumas coisas e deitar." Refúgio Base Huayna Potosí, Cordilheira Real/Bolívia, 31 de julho de 2017


Entrando no "parque", com Huayna Potosí ao fundo

"Cume" da caminhada de aclimatação

0 visualização
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
contatos

Henrique Scalco Franke 

+55 55 981374049 

henriquefranke@versuseumesmo.com