• henriquefranke

Aconcágua: Dia 7

    Energias renovadas e mais adaptados à altitude, o sétimo dia foi de despedida ao campo base Plaza Argentina e início da subida aos campos altos, iniciando pela subida em definitivo ao campo 1. Acordamos cedo, fechamos as mochilas, que a partir de agora seriam carregadas por nós mesmos, tomamos café da manhã e pelas 11h da manhã iniciamos à subida. Já conhecíamos o caminho por tê-lo feito na aclimatação.


Início da subida ao campo 1

     Infelizmente começamos o dia com uma baixa, e um adiamento de subida. Sendo assim, começamos a caminhada com dois colegas e um guia a menos (o guia ficou no campo base para acompanhá-lo no dia seguinte). E logo no primeiro trecho de caminhada tivemos mais duas baixas, o que abalou um pouco o ânimo do grupo. Mas sendo assim, chegamos entre 7 escaladores e 3 guias ao campo 1.

    Diferente do dia de aclimatação, cheguei ao campo 1 me sentindo bem, apesar do cansaço, que se deu muito por subir com a mochila pesada.


Parada pra descanso antes de começar a subir o campo de penitentes

   Ventava muito, o que derrubava a sensação térmica, mas deu pra ajudar os guias na montagem da barraca banheiro, e desmontagem das barracas que seriam utilizadas pelos colegas que abortaram a empreitada (essa desmontagem ocorre porque as barracas, nos campos altos, eram levadas pelos porteadores, que já as deixavam montadas). Com a saída do sol, esfriou bastante, e ficamos recolhidos às barracas após o jantar.


Descanso na chegada do campo 1 para recuperar forças

"Hoje foi dia de subir ao campo 1. Acordamos às 7h e começamos a arrumar as coisas (mochilas, desmontar barraca, etc) e às 11h saímos.

    Infelizmente tivemos 3 baixas e um atraso hoje. Um já vinha mal, inclusive com princípio de mal de altitude e por isso os médicos do campo base recomendaram sua evacuação, e às 7:30h foi de helicóptero para Horcones. Outro acordou se sentindo mal e não se sentiu a vontade para encarar a subida, mas durante o dia tivemos notícias que se sentiu melhor, e estamos prevendo que subirá amanhã. Durante a subida uma das meninas voltou a sentir muita dor na canela, devido à bota, e decidiu abortar a expedição, e retornará de helicóptero ainda hoje ou amanhã. E outro colega também não se sentiu muito bem, por cansaço, e também decidiu abortar. Isto abala um pouco o ânimo do pessoal, mas isso também faz mais emocionante a chegada ao campo 1.


Aretha começando o preparo da janta!

    A subida foi relativamente tranquila, até o início dos penitentes. Esta parte foi muito dura, cheguei exausto ao campo 1. Chegamos aqui e descansei em um muro de pedras para retomar o fôlego. O acampamento já estava montado. Muito vento e muito frio, estamos 'trancados' nas barracas esperando o jantar, que está sendo preparado pelos guias.

    Experiência diferente de ficar em vários acampamentos e precisar ir se deslocando. Isso de ficar na barraca acaba sendo muito introspectivo, também conversei muito com Sasha." Campo 1, Parque Provincial Aconcágua/AR, 14/jan/2017

0 visualização
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
contatos

Henrique Scalco Franke 

+55 55 981374049 

henriquefranke@versuseumesmo.com