Água de qualidade para o povo sherpa!

Logo.jpeg

Safe water for those who help us to achieve our dreams

01.png

We want to support Phortse in solving the village's biggest challenge: water.

 

Working with the community we will build a water supply system that is reliable, climate resilient, and is easy to maintain. We aim to create a model that can be replicated by locals in surrounding villages.

Queremos auxiliar Phortse a solucionar seu maior desafio atual: acesso a água.

Trabalhando com a comunidade vamos construir um sistema de água seguro,resistente ao clima e de fácil manutenção. Desejamos criar um modelo que seja replicável pelos próprios moradores para os vilarejos vizinhos.

02.png

Sherpas risk their lives helping visiting mountaineers and hikers achieve their dreams of climbing the world’s highest peaks. But the challenges faced by Sherpas are not limited to climbing the highest mountains on Earth.

 

In 2015, the most violent earthquake in 80 years struck Nepal. About 9,000 people were killed, many thousands more were injured, and more than 600,000 structures in Kathmandu and other nearby towns were either damaged or destroyed.

In Phortse, the earthquake destroyed many homes, their sacred temple, and their water supply. The earthquake was so dramatic, it changed the surrounding geology, turning a previously dependable year round stream into a small trickle of water that is frozen half the year. In the summer this trickle is not enough to meet the village’s basic needs and in winter, fuel for fire and melting snow is scarce. Year round the people must now hike down valley to a larger river and then carry water back up to their homes. 

This is on top of the increasing risks posed by the unpredictability of weather and melting of ice due to climate change and the unforeseen impacts of COVID-19 that resulted in a dramatic reduction in incomes this season. While the government is working to the best of its capability to respond in the current economic environment, additional support for Phortse is critically needed. 

It has been 5 years since residents of Phortse don’t have a reliable source of water. Help us change that. Together we can build a water resilient future for the families of many Sherpas who help foreign mountaineers climb the world’s most challenging peaks. 

Os sherpas arriscam suas vidas ajudando os montanhas e trilheiros estrangeiros a alcançar seus sonhos de alcançar os pontos mais altos do planeta. Mas os desafios enfrentados pelos Sherpas não se limitam a escalar as maiores montanhas da Terra.

 

Em 2015 o terremoto mais violento dos últimos 80 anos sacudiu o Nepal. Aproximadamente 9.000 pessoas morreram, outras milhares ficaram feridas, e mais de 600.000 edificações em Kathmandu e diversos vilarejos ficaram danificadas ou destruídas.

 

Em Phortse o terremoto destruiu muitas casas, o templo, e danificou o sistema de fornecimento de água. Ele foi muito impactante, impactou a geologia da região, tornando a antiga fonte de água, confiável e previsível para atender todo o ano, em um pequeno fio de água que se mantém congelado por metade do ano. No verão este “riacho” não é suficiente para atender as necessidades básicas do vilarejo e no inverno combustível para fogo para derreter neve é escasso. Ou seja, durante boa parte do ano as pessoas precisam caminhar vale abaixo até um rio maior para coletar água e carregar de volta às suas casas.

 

Além disso, temos os impactos cada vez maiores devido às mudanças climáticas e os impactos nunca antes vistos do COVID-19, que resultaram em uma dramática redução de receitas das famílias durante a última temporada. Mesmo que  o governo esteja disposto em ajudar economicamente as comunidades, o apoio adicional à Phortse é extremamente necessário.


Faz 5 anos que a população de Phortse não possui uma fonte confiável e segura de água, ajude-nos a mudar isto. Juntos podemos construir um futuro diferente às famílias daqueles que ajudam os aventureiros estrangeiros nas montanhas mais desafiadoras do planeta. 

03.png

High in the Himalayas of Nepal near the beaten track to Everest, there is a humble pastoral village called Phortse. With about 700 inhabitants, Phortse is home to generations of Sherpa climbers and boasts more Everest summiters than anywhere on earth. During the climbing season, every capable man in Phortse leaves the village to work on Everest, Ama Dablam, and surrounding peaks. 

 

Famous for being highly adapted to the high altitude, Sherpas are the ones who welcome and support expeditions to the world’s highest mountains. When adventure seekers and mountain climbers arrive at Mount Everest, it is the Nepalese Sherpas who guide them. 

Sherpas are responsible for preparing the route, fixing ropes, breaking trail, carrying supplies and oxygen, and helping climbers to negotiate icefalls, avalanches, crevasses, and extreme altitude.

It has been 5 years since residents of Phortse don’t have a reliable source of water. Help us change that. Together we can build a water resilient future for the families of many Sherpas who help foreign mountaineers climb the world’s most challenging peaks.

No alto dos Himalayas e próximo ao principal caminho para o Everest localiza-se um humilde vilarejo chamado Phortse. Com aproximadamente 700 habitantes, Phortse é o lar de gerações de sherpas escaladores e que orgulha-se por possuir mais pessoas que chegaram ao cume do Everest que qualquer outro lugar do mundo. Durante a temporada de escalada, todos os homens em capacidade de trabalhar deixam o vilarejo de Phortse para trabalhar no Everest, no Ama Dablam e em muitas outras montanhas da região.

 

Famosos por serem mais adaptados à altitude, os sherpas recepcionam e dão suporte às expedições estrangeiras às montanhas mais altas do mundo. Quando aventureiros e montanhistas chegam ao Monte Everest, são os sherpas nepaleses que os guiam. São eles os responsáveis por preparar a rota, fixar cordas, carregar suprimentos e oxigênio e ajudar os escaladores a superar avalanches, gretas e a altitude extrema.

Faz 5 anos que a população de Phortse não possui uma fonte confiável e segura de água, ajude-nos a mudar isto. Juntos podemos construir um futuro diferente às famílias daqueles que ajudam os aventureiros estrangeiros nas montanhas mais desafiadoras do planeta.

06.png

Below you will find the breakdown of the project. We have also created a complete plan with much more detail on a live Google Sheet here. We plan to update the spreadsheet for radical transparency so that you can watch the development of the project and know how we are spending the funds.

Abaixo você encontrará um resumo do projeto em etapas. Também criamos uma planilha com mais detalhes no Google Drive. Iremos atualizar essa planilha de forma a garantir a transparência plena e você poder observar o desenvolvimento do projeto e saber como os fundos estão sendo aplicados.

11__2_.png
04.png

The next phase of our project is to get community input. The funds raised with this crowdfunding will support us to visit and work with the community on the Spring Season (april/may) 2021 to validate solutions for the water supply system.

A próxima fase do nosso projeto é trabalhar com a comunidade. Os recursos arrecadados com este financiamento coletivo irá apoiar nossa visita à comunidade na temporada de primavera (abril/maio) 2021 para validar soluções para o sistema de abastecimento de água.

09.png

With your help, we can provide safe drinking water to the people of Phortse!

Com a sua ajuda poderemos ajudar a comunidade de Phortse a ter água potável.

10.png
08.png

Please see our live google spread sheet for up-to-date cost estimates and implementation reporting. Investments will be prioritised based on the level of funding we can achieve and community-identified needs. All planning, management, and work is being carried out with local community members at all stages. You can watch the developments you fund, details, faces, and any changes through the google sheet link above and social media.

CONTACT INFO

If you have a question, access to other funding channels, or an idea to support our project, message us directly on InstagramFacebook, or through the contact link below!

Conheça nossa planilha ativa de custos e atualizações de investimentos realizados. Os investimentos serão priorizados conforme os recursos financeiros alcançados e as demandas mais urgentes, definidas junto à comunidade. Todo o planejamento, gestão e trabalho está sendo executado de maneira conjunta com membros da comunidade de Phortse em todos os estágios. Você pode checar a aplicação dos recursos financeiros doados, detalhes, e eventuais mudanças implementadas no projeto.

INFORMAÇÕES DE CONTATO

Se você tem dúvidas ou sugestões, conhece outras fontes de financiamento, ou tem ideias para apoiar o projeto, entre em contato conosco pelo Instagram, pelo Facebook, ou através do link de contatos abaixo e vamos bater um papo!

05.png

Henrique Franke: who initially conceived the idea of the project, is the 19th Brazilian to have climbed Mount Everest. After it he decided to put on a stand by a so far successful engineer career and to dedicate his life for the love he shares for the mountains. While pursuing the highest peaks of the world, he wants to share his journey with Brazilians and help people see that even the most impossible and wildest dreams can come true. Henrique is not only an adventure enthusiast, he also shares great compassion for the difficult lives led by the people he meets in some of the most remote areas of the world - and who are helping birth his dream to climb the world’s most challenging peaks. Besides creating Climbing for Water and committing to solve the water supply needs of Phortse, Franke has a new big mountain challenge: climb the 14 highest mountains in the world. Check out his instagram. If you are interested in his new mountain project, check out the video.

Evandro Eifler Neto: Environmental engineer and Director at Arvut, a well-positioned company in the Brazilian marketplace as a leader in environmental development and risk assessment, he is the engineering project coordinator. A long time friend of Franke, he was enchanted by Phortse’s story and Franke’s determination in supporting the community. In June 2020, Evandro and his engineering team at Arvut embraced the Climbing for Water Khumbu project due to its important social and environmental character. Arvut also sees in this project an opportunity to consolidate a model capable of promoting water supply and basic sanitation conditions that can be adapted to other mountain communities with similar context and geographical challenges.

Angel Mirapalheta: 1% founder, social enterprise who helps to bring ideas to real social projects. He embraced Climbing for Water since the beginning, when Henrique shared with him a ideia he was thinking about. Besides putting 1% to work together with the project, he shares all his experience as mentor of the Climbing for Water.

Liesbet Olaerts (known by Lis): Environmental engineer with a MS in engineering for developing communities and also a long-time friend of Franke. For over eight years, Lis has served in an advocacy and technical assistance role regarding the needs of rural, low-income people for safe and sustainable water supply and equitable water policies in multicultural settings. She is currently an Environmental Development Specialist at Rural Communities Assistance Corporation and an avid explorer of the Sierra Nevada mountain range. In every new project, she wholeheartedly throws herself into working with communities and local organizations to create systemic change and support the collective development of solutions. Born and raised in Brazil, she fell in love with mountains when granted the opportunity to pursue a MS degree in Colorado and got to explore mountains for the first time. Since then, mountains became her new home. Lis embraced the Climbing for Water Khumbu project as it combines her passion for the mountains, her skills in managing community-based programs, her belief in environmental and social justice, with the respect she feels towards native people of the high mountains.

Henrique Franke, quem inicialmente teve a ideia do projeto, é o 19º brasileiro a ter escalado o Monte Everest. Depois de escalar o Everest decidiu dar um intervalo em sua carreira de engenheiro ambiental e dedicar sua vida ao amor pelas montanhas. Enquanto conquista os maiores picos do mundo quer compartilhar sua jornada com as pessoas, e ajudá-las a enxergar que até mesmo os sonhos mais impossíveis e selvagens podem virar realidade. Não é apenas um aventureiro, também compartilha uma grande compaixão pela dificuldade de vida das pessoas que encontra nas áreas mais remotas do planeta, e que ainda assim lhe ajudam a alcançar o seu sonho. Além de criar o projeto Climbing for Water e se comprometer em ajudar a encontrar uma solução para o abastecimento de água de Phortse, Franke tem um novo desafio de escalada: fazer o que nenhum outro brasileiro fez antes, escalar as 14 maiores montanhas do mundo. Acesse seu site e seu instagram. Se estiver interessado em mais detalhes sobre seu novo projeto de montanhismo, confira este vídeo.

Evandro Eifler Neto: engenheiro ambiental e pós graduado em segurança do trabalho foi colega de faculdade do Franke, e daí surgiu sua aproximação com o projeto. Encantou-se pela história de Phortse e colocou-se à disposição para ajudar e assumiu a coordenação da parte de engenharia e dimensionamento do projeto. Atualmente é diretor de engenharia da Arvut, empresa referência em projetos de meio ambiente e gerenciamento de riscos no Brasil. Como as demandas de projeto e engenharia são diversas e desafiadoras, necessitando conhecimento especializado, Evandro colocou a Arvut à disposição do Climbing for Water, tornando a empresa também parceira desta ideia.

Angel Mirapalheta: fundador da 1%, empresa social que ajuda a transformar projetos sociais em realidade, engajou-se no Climbing for Water quando este ainda era apenas uma ideia, em uma conversa com Henrique. Além de colocar a 1% à disposição do projeto, compartilha também toda sua experiência como uma espécie de mentor e guia do mesmo.

 

Liesbet Olaerts (Lis): engenheira ambiental com mestrado em desenvolvimento de comunidades também foi contemporânea de Franke e Evandro na universidade. Durante 8 anos atuou como defensora e assistente técnica na proteção dos direitos de comunidades rurais relativos ao suprimento de água segura e políticas de água justas em contextos multiculturais. Atualmente trabalha como especialista em desenvolvimento ambiental na "Rural Communities Assistance Corporation" em Nevada/EUA. Traz ao projeto toda sua experiência em trabalhar com comunidades e organizações locais para que as mudanças sejam sistêmicas e que as soluções sejam desenvolvidas de maneira coletiva, e decidiu juntar-se a ele por combinarsua paixão pelas montanhas, suas habilidades profissionais, sua crença em uma sociedade social e ambientalmente justa e seu respeito pelas comunidades de montanhas.

07.png

The next phase of our project is to get community input. The funds raised with this crowdfunding will support us to visit and work with the community on the Spring Season (april/may) 2021 to validate solutions for the water supply system.

 

It will cost us US$23,600.00 to have 6 members of our team travel to Phortse, work with the community, and collect key data for the final design of the water supply system. However, investments will be prioritised based on the level of funding we can achieve and community-identified needs. For up-to-date cost estimates and implementation reporting, please see our live google sheet. You can watch the developments you fund, details, faces, and any changes through the google sheet link above and social media.

A próxima fase do projeto é trabalhar com a comunidade. Os recursos arrecadados com este financiamento coletivo irá apoiar nossa visita à comunidade na temporada de primavera (abril / maio) 2021 para validar soluções para o sistema de abastecimento de água.

 

Custará US $ 23.600,00 para 6 membros de nossa equipe viajar à Phortse, trabalhar com a comunidade e coletar dados importantes para o projeto final do sistema de abastecimento de água. No entanto, os investimentos serão priorizados conforme os recursos financeiros alcançados e as demandas mais urgentes, definidas junto à comunidade. Para mais informações orçamentárias, conheça nossa planilha ativa de estimativas de custos e atualizações de investimentos realizados. Você pode checar a aplicação dos recursos financeiros doados, detalhes, e eventuais mudanças implementadas no projeto.